Assine Anima

Receba nossos informes!

A construção do conteúdo para aprendizagem autônoma e a distância

Muitas instituições de ensino já comprovaram que é possível oferecer ensino de elevada qualidade nas áreas científica, humanística e cultural por meio de um processo que não requer a presença física dos alunos em sala de aula, permitindo a autoaprendizagem pelo uso de materiais didáticos desenvolvidos com essa finalidade.

 

Para o sucesso desta modalidade, com foco na aprendizagem autônoma, é preciso elencar alguns cuidados necessários no processo de construção do conteúdo do curso.
São eles:

  • Trabalhar contextos da realidade que tenham significado para o aluno e o estimule a aprender, num processo ativo;
  • Problematizar, levar o aluno a observar, por meio da realidade, o problema. Identificar o que na realidade se mostra como carente, preocupante, necessário, enfim, problemático, e utilizar estratégias de mobilização da aprendizagem, para que o sujeito dirija sua atenção, seu pensar, seu sentir para o conteúdo em questão;
  • Oportunizar a Construção do Conhecimento, que é o momento da aprendizagem, na qual há necessidade da ação do sujeito sobre o conteúdo. Neste caso, a inserção de atividades de fixação ao longo da apresentação do conteúdo;
  • Elaborar questões que levem o sujeito a buscar explicação e solução, transformando a realidade. É dessa forma que a síntese do conhecimento se potencializa.

É importante ao aluno imergir no conteúdo, de forma que ele perceba a direta aplicabilidade em suas atividades profissionais diárias. Ou, então, o conteúdo tem que fazer sentido na medida que ele veja o valor daquela informação transmitida e onde ela se encaixará nas aprendizagens futuras.


voltar

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar